domingo, 23 de dezembro de 2007

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO

Por mais desgastada que a frase do título deste ensaio possa estar, não podemos negar que é esse o sentimento que habita (ou deveria habitar) o coração de todo cristão. Todos os filhos e filhas de Deus devem expressar o sincero desejo de ver seus semelhantes experimentando a felicidade do Natal - conhecendo o significado do nascimento do Menino - e experimentando também um novo ano ainda melhor do que aquele que passou - confiando nos cuidados que o Senhor dedica àqueles a quem Ele ama!
De fato, este é um tempo propício para se esquecer definitivamente os ranços, as mágoas, as desavenças e reconciliar-se com o próximo, quem quer que seja, pois, em Cristo, Deus reconciliava consigo o mundo, que lhe havia ofendido por meio do pecado. Ninguém jamais ofendeu alguém como nós, seres humanos, ofendemos a nosso Pai Celeste. Portanto, se Ele já nos perdoou em Cristo, como nós não nos perdoaremos uns aos outros?
Resta-nos agradecer àqueles que, ao longo e todo este ano que se vai, nos suportaram, demonstrando toda paciência, afeto e carinho que um cristão deve ter para com quem o incomoda. E, além disso, orar por todos, rogando ao Deus das nossas vidas que continue a derramar suas bênçãos sobre cada um, desde o bebê até ao idoso!
Deixo aqui uma mensagem endereçada àqueles que se despedem do velho ano e encaram o novo ainda com certo ceticismo e desânimo: "Aos cansados Deus dá novas forças e enche de energia os fracos. Até os jovens se cansam, e os moços tropeçam e caem; mas os que esperam no Senhor recebem sempre novas forças. Voam nas alturas como águias, correm e não perdem as forças, andam e não se cansam" (Isaías 40:30-31, BLH).

Nenhum comentário: