sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

NÃO FAÇA CALÚNIA!


‎A calúnia é a prima direta da fofoca. A calúnia envolve o assassinato do caráter e significa "falar abertamente contra alguém". O caluniador partilha descaradamente informações perigosas com quem quiser ouvir. Isto, porque ele se autonomeou juiz e condenador da reputação de outra pessoa. A calúnia pode ser incluída ao lado do assassinato, do adultério e do roubo. A calúnia pode arruinar o bom nome de outra pessoa.


A Bíblia nos adverte: "Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz. Um só é Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e fazer perecer; tu, porém, quem és, que julgas o próximo?" (Tiago 4:11).


O caluniador pode tentar defender suas palavras com a desculpa: "Mas é verdade!". Todavia, somente porque alguma coisa é verdade, isso não significa que deva ser dita. A calúnia pode ser verdade dita com a intenção de magoar outra pessoa. Não faça calúnia. Você estará chamando o julgamento de Deus sobre a sua vida.


Robert Jeffress, em Os Segredos de Salomão.



Nenhum comentário: