quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

RESOLUÇÕES PARA UM ANO NOVO


Todos nós sabemos bem que nesta época do ano as pessoas têm o costume de fazer promessas, aquelas chamadas resoluções. Como também já sabemos, não há nada de errado em resolver mudar alguma coisa na vida, especialmente se for para o bem! As resoluções podem ser passar mais tempo com a família, perder peso, pagar dívidas, aprender algo novo, conhecer novos lugares e coisas do gênero. A Bíblia conta que, um dia, Jesus fez algo assim: “E aconteceu que, ao se completarem os dias em que devia ser ele assunto ao céu, manifestou, no semblante, a intrépida resolução de ir para Jerusalém” (Lc 9:51). Isto porque naquela cidade ele deveria morrer pelos pecadores, conforme a vontade de Deus.


As razões que levaram Jesus a firmar o propósito de ir a Jerusalém eram muito nobres. Por outro lado, as nossas motivações, ao estabelecermos nossas resoluções de ano novo, são, geralmente, muito pobres. Na maioria dos casos, são superficiais e egoístas, e estão mais relacionadas às questões físicas e materiais do que às espirituais. Não podemos permitir que nossas mentes sejam dominadas por conceitos deste tipo. Por isso o apóstolo Paulo nos adverte: “Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas” (Cl 3:2). Que pensemos, com a mente de Cristo, nos assuntos de Deus, do reino dos céus, da Bíblia, da Igreja, e assim por diante.

Não nos preocupemos apenas em emagrecer, viajar ou ganhar dinheiro, mas firmemos propósitos mais espirituais! Eis aqui algumas boas sugestões para todos nós que estamos resolvidos a mudar algumas coisas em nossas vidas neste novo ano.


O que acontecerá a nós e a nossos amados se resolvermos que, em 2012, seremos bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-nos mutuamente, assim como Deus nos perdoou em Cristo (Ef 4:32)? E se nós resolvermos que não retribuiremos a ninguém mal por mal, procuraremos fazer o que é correto aos olhos das outras pessoas e faremos o possível para viver em paz com todos (Rm 12:17-18)?


E que tal se resolvermos que neste ano seremos dizimistas fiéis, crendo que Deus vai abrir as comportas dos céus e derramar sobre nós tantas bênçãos que nem teremos onde guardá-las (Ml 3:10)? E se resolvermos que realmente vamos passar a buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, sabendo que tudo o que precisamos para nossa sobrevivência nos será acrescentado (Mt 6:33)?


Estes são apenas alguns exemplos de decisões diferentes que podemos tomar para mudar nossa vida em 2012. Que o Senhor, nosso Deus, nos ajude a firmarmos propósitos desta natureza e a cumprir cada um deles!
           
Rev. Oslei do Nascimento

Nenhum comentário: