quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

OBEDIENTE À VISÃO CELESTIAL



Na Bíblia Sagrada está escrito: ‘‘Não fui desobediente à visão celestial’’ (Atos 26:19). Estas palavras foram pronunciadas por Paulo diante de Agripa, rei imposto pelo Império Romano sobre a Palestina. O apóstolo estava contando de sua conversão, sobre Jesus glorificado ter lhe aparecido em meio a uma luz e o início do seu ministério missionário. Paulo contemplou a Cristo, que lhe ordenou pregar o evangelho, e ele declarou ter sido obediente a essa visão. Essa visão é para todos nós, ainda hoje, pois Jesus determinou: ‘‘Vão pelo mundo inteiro e anunciem o Evangelho a todas as pessoas’’ (Marcos 16:15, NTLH). Você tem tido essa mesma visão? E tem sido obediente a ela?

Paulo expôs de forma negativa sua atitude positiva, de obedecer. Nós podemos verificar, também de forma positiva, o que significa ser obediente à visão celestial de Jesus, que nos ordena evangelizar os que ainda não crêem.

Paulo afirmou ter anunciado o evangelho em Damasco, Jerusalém, por toda a região da Judéia, a conterrâneos e a estrangeiros (v 20). Afirmou também ter testemunhado a pequenos e grandes (v 21). Mesmo diante do rei, ele não se via como um acusado num tribunal, mas como um arauto do Evangelho de Cristo. Isto está de acordo com um outro ensino seu, de que devemos pregar a mensagem, e insistir em anunciá-la, seja no tempo certo ou não (2 Timóteo 4:2). Aprendemos então, primeiramente, que ser obediente à visão celestial significa anunciar o evangelho da salvação pela graça mediante a fé em Cristo a todas as pessoas e em quaisquer circunstâncias!

O apóstolo também contou ao rei que, por ter conclamado os pecadores ao arrependimento, foi preso e ameaçado de morte (v 21). Este tipo de situação, que ele viveu com freqüência, o credenciou a escrever: ‘‘Todos os que querem viver a vida cristã unidos com Cristo Jesus serão perseguidos’’ (2 Timóteo 3:12). Você está pronto para continuar firme em sua fé mesmo quando for criticado, ridicularizado, desprezado ou agredido? Assim, aprendemos que ser obediente à visão celestial significa anunciar o Evangelho mesmo quando se é perseguido e atacado.

Mas Paulo ainda conta a Agripa que, graças à ajuda de Deus,  sobreviveu e continuou fazendo o que Jesus havia mandado (v 22). Ele entendia que quem recebe uma ordem do Senhor precisa estar preparado para suportar sofrimento, desenvolver o trabalho de um evangelista e cumprir bem o seu dever de servo de Deus (2 Timóteo 4:5). Paulo confiava que Deus cuidava dele durante o exercício do ministério. E você? Acredita no cuidado de Deus sobre sua vida, ou não evangeliza por estar muito preocupado e ocupado com as suas necessidades? Nós aprendemos, finalmente, que ser obediente à visão celestial significa anunciar o evangelho confiando no cuidado de Deus!

Rev. Oslei do Nascimento

Nenhum comentário: